O que é transplante de medula óssea?

É um tipo de tratamento proposto para algumas doenças que afetam as células do sangue, como leucemia e linfoma. Consiste na substituição de uma medula óssea doente, ou deficitária, por células normais de medula óssea, com o objetivo de reconstituição de uma nova medula saudável. O transplante pode ser autogênico, quando a medula vem do próprio paciente. No transplante alogênico a medula vem de um doador. O transplante também pode ser feito a partir de células precursoras de medula óssea, obtidas do sangue circulante de um doador ou do sangue de cordão umbilical.
É importante saber que no processo de doação de medula óssea, o sangue de um doador será tipificado por um teste de laboratório para identificar as características genéticas. O tipo de HLA (que identifica a compatibilidade entre doador e receptor)  será incluído no cadastro. Os dados serão cruzados com os pacientes que precisam de transplante de medula óssea constantemente. Se você for compatível com algum paciente, outros exames de sangue serão necessários. Se a compatibilidade for confirmada, você será consultado para confirmar se deseja realizar a doação.
Quer saber mais? Acesse este link.
Anúncios
Esse post foi publicado em O que é transplante de Medula Óssea?. Bookmark o link permanente.

3 respostas para O que é transplante de medula óssea?

  1. Orlando Salomão. disse:

    Diariamente vejo campanhas para sermos doadores de medula óssea, mas infelizmente hoje (09/12/14) fui até o IHHC (Curitiba) e não pude auxiliar a, talvez um dia, salvar uma vida.
    Fui informado que eles tem um limite e não estão mais recebendo este tipo de doação/cadastro neste ano.
    Fico triste com isso. Já é difícil conscientizar as pessoas para a doação e quando elas saem de casa para isso, são rejeitadas e pedem para voltar no ano que vem.

  2. gracycampos disse:

    Oi? Eu li uma matéria sua sobre a sua experiência em ser doador de medula óssea. Eu tenho 17 anos agora(ñ posso ser doadora ainda), mas já faz um tempo que tenho muita vontade de doar sangue e a minha mãe não deixa, daí eu disse que quando completasse 18 seria o que eu iria fazer… O transplante de medula eu pensei a respeito em 2014 quando uma sra foi na escola vender rifa e explicou que o filho estava com câncer, foi a primeira vez que pensei em doar… Mas eu fiquei com um grande receio em relação a dor, agulhas enormes.. enfim, agora vi que isso é bobagem e que se eu não amarelar(é o que eu realmente não quero) vou em um futuro próximo ser doadora de medula também. 😊 Amei o blog, é inspirador. Grande beijo.
    #Gracy gracycampos13@bol.com.br

  3. Priscila disse:

    Rapha, achei o máximo a sua narração detalhada sobre o processo todo de doação de medula. Muito bom a história! Longa? SIM! Mas, muito bem escrita! Parabéns!
    Obs.: também acho que não é falsa modéstia, é obrigação de todos. Mas confesso que tenho medo da punção ainda… Por isso estou lendo mais sobre isso.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s